Prefeitura realiza substituição de gelo baiano por vasos de plantas no Centro Histórico

Foto: Igor Santos/Secom

A região do Santo Antônio Além do Carmo, localizado no Centro
Histórico de Salvador, ficou ainda mais bonita. Uma ação da Diretoria de Gestão do Centro Histórico, com apoio da Secretaria Municipal de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis), da Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal) e da Transalvador, promoveu a substituição do gelo baiano, artefato de concreto pré-moldado utilizado para orientar o tráfego de veículos e impedir a prática do estacionamento em local proibido, por vasos de plantas das espécies Ixora e Bela Emília.

Fotos: Igor Santos/Secom

De acordo com a diretora de Gestão do Centro Histórico, Eliana
Pedroso, o objetivo é humanizar a a região com os vasos de plantas e envolver as pessoas que residem no entorno, já que os cuidados são assumidos pela própria comunidade.

Além disso, a utilização dos vasos também ajuda a ordenar o trânsito, sobretudo no que se refere a inibir estacionamento em local inadequado. “A Diretoria de Gestão do Centro Histórico sempre busca ações que promovam a sustentabilidade e a participação da população. Buscamos o apoio individual de cada um, para que as pessoas assumam a responsabilidade de manter,cuidar e preservar”, disse.

Eliana Pedroso afirmou que a comunidade do Centro Histórico é
impactada com essas pequenas modificações na região. “Impacta porque no momento em que você humaniza uma área, você toca no sentido estético, no sentido do bem-estar. E, por isso, mobiliza a comunidade a se envolver”.  Ele lembrou que, em 2018, a mesma ação contemplou as ruas internas do Pelourinho.

O post Prefeitura realiza substituição de gelo baiano por vasos de plantas no Centro Histórico apareceu primeiro em Bahia Política.