Professor da rede estadual participa de formação pedagógica internacional no Canadá

Foto: Divulgação

O professor de História, Maurício Quadros da Mota, do Colégio Estadual Deputado Herculano Menezes, localizado no bairro de Sussuarana, em Salvador, está representando a rede estadual de ensino na formação pedagógica internacional, no Colleges and Institutes (CICAN), no Canadá. O educador baiano participou da seleção realizada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) para professores de todo o país. Ao todo, são 100 professores brasileiros em missão internacional, cuja duração será de oito semanas, com término previsto para 30 de agosto.

A iniciativa faz parte do Acordo de Cooperação, formalizado entre a CAPES e o CICAN, e tem como objetivo promover a capacitação de professores em efetivo exercício nas escolas públicas das redes estadual, municipal e distrital. Além do professor Maurício da Mota, outros cinco profissionais baianos de redes municipais participam do programa.

Maurício fala da importância da representatividade baiana em um programa internacional de Educação “É muito significativo representar o nosso Estado dentro e fora do Brasil em uma capacitação em que a troca de experiências e de novos aprendizados com os professores canadenses está acontecendo, também, entre os próprios professores cursistas. E, não obstante a isso, poder levar a nossa cultura, a nossa visão de mundo a outras pessoas e outros países. Está sendo importante, também, demonstrar que nós, professores do Estado da Bahia, temos sim capacidade de nos submeter a concursos e seleções nacionais e internacionais e sermos aprovados”.

O educador da rede ressalta, ainda, a importância da formação no Canadá para a sua carreira. “É a primeira vez que saio do país na condição de professor para uma formação profissional. Com esta oportunidade, posso aprender mais o inglês, já que o curso acontece no Canadá. Além disso, posso conhecer e aprofundar mais o entendimento de outras culturas, outras realidades socioeconômicas e históricas. Posso contribuir e também receber experiências que vão agregar a meus conhecimentos e, dessa forma, repercutir isso na minha sociedade e na minha escola, com meus alunos. Enfim, estou podendo aprimorar mais meu inglês, aprender sobre novas práticas educacionais, trocar experiências com outros professores do Brasil e do Canadá”.

Sobre a formação – Os conteúdos da formação pedagógica no Canadá se dividem em duas estruturas fundamentais. O primeiro objetiva a formação e a compreensão da Língua Inglesa, ou seja, leitura, escrita, fala e entendimento. O segundo módulo visa a apresentação, o estudo e a prática de novos métodos de ensino, tomando como referência a experiência canadense. “No Canadá, em média, 25% da sua população é composta de imigrantes, e isto oportuniza aos canadenses um contato significativo com uma ampla gama de culturas. Tanto que é um país bastante progressista no respeito às diversidades, sejam elas étnicas, culturais, sociais, econômicas, de gênero e sexualidade, entre outras”, enfatiza o professor Maurício.

O post Professor da rede estadual participa de formação pedagógica internacional no Canadá apareceu primeiro em Bahia Política.