Glenn Greenwald diz que não se importa com ‘ameaças’ de Bolsonaro: “Não vou fugir desse país”

Foto : Arquivo/ Agência Brasil

Fundador do portal The Intercept Brasil, o jornalista Glenn Greenwald disse aos presentes na manifestação a seu favor, no auditório da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), no Rio de Janeiro, na noite de ontem (30), que não deixará o país, mesmo com as críticas do presidente Jair Bolsonaro.

“Eu não me importo com as ameaças que Bolsonaro fez contra mim. Eu não vou fugir desse país”, declarou.

Antes, ele mostrou aos manifestantes o seu passaporte norte-americano e afirmou: “Esse passaporte me permite ir para o aeroporto a qualquer minuto e sair do país”.

O site “The Intercept Brasil” tem publicado, desde 9 de junho, reportagens com base em diálogos vazados de procuradores da força-tarefa da Lava Jato e do ministro da Justiça Sergio Moro.

À imprensa, antes do ato de ontem, Glenn declarou ainda que acredita que pode ser preso, após Bolsonaro ter afirmado o jornalista “talvez pegue uma cana aqui no Brasil”

“Quando o presidente está te ameaçando por três dias consecutivos, usando seu nome como Jair Bolsonaro está fazendo contra mim, obviamente o risco é grande de eu ser preso. Nós sabemos isso todo o tempo”, afirmou.

O post Glenn Greenwald diz que não se importa com ‘ameaças’ de Bolsonaro: “Não vou fugir desse país” apareceu primeiro em Bahia Política.