No Twitter, procuradora da Lava Jato pede desculpas a Lula por ironizar morte de Marisa

Foto: Reprodução

A procuradora Jerusa Viecili, da Força-Tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba, publicou um pedido de desculpas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em suas redes sociais na noite de hoje (27).

Às 21h09, ela escreveu que “minha consciência me leva a fazer o correto”.

Em outro tweet, às 22h21, ela escreveu que defendeu que lembra da mensagem, que as conversas são “fruto de crime e têm sido descontextualizadas ou deturpadas para fazer falsas acusações”.

Em seguida, ela defendeu que “não é possível saber exatamente o quanto está correto, porque é impossível recordar de detalhes de 1 milhão de mensagens em 5 anos intensos.

Viecille foi citada em uma reportagem da série Vaza Jato, publicada na manhã desta terça-feira (27), pelo site The Intercept Brasil.

Na matéria, mensagens de chats privados no aplicativo Telegram enviados por fonte anônima ao site, analisadas em parceria com o UOL, apontam que após a notícia da morte da ex-primeira-dama, Marisa Letícia, ser compartilhada no grupo Filhos do Januário 1, uma das procuradoras comentou: “Quem for fazer a próxima audiência do Lula, é bom que vá com uma dose extra de paciência para a sessão de vitimização”, o que foi apoiado por outros procuradores.

O post No Twitter, procuradora da Lava Jato pede desculpas a Lula por ironizar morte de Marisa apareceu primeiro em Bahia Política.