Novo núcleo de monitoramento de presos em Feira é inaugurado pelo TJ

Foto: Ney Silva (Acorda Cidade)

O Governo do Estado, através da Secretaria de Administração Judiciária e Ressocialização (Seap) e o Tribunal de Justiça da Bahia, inauguraram na tarde desta segunda-feira (2), o novo Núcleo de Monitoramento Eletrônico. A unidade foi instalada no andar térreo do Fórum Desembargador Filinto Bastos.

O secretário Nestor Duarte Neto ressaltou que com o núcleo de monitoramento “a possibilidade de que pessoas privadas de liberdade, mas que estão evoluindo pra o semiaberto, que saem de manhã pra trabalhar e voltam à tarde pra o presídio, evoluam para o domiciliar, só que com a monitoração”, disse.

“Com isso ganha o estado, pois o custo de um preso no presídio é de R$ 2.800, e o custo de um monitorado é de R$ 165. Mas para a sociedade feirense ou regional é um ganho, porque essas pessoas saíam na suposição de que iam trabalhar, mas os que não tem trabalho, ninguém sabe o que estavam fazendo”, completou.

Os presos neste regime serão monitorados 24 horas e não podem sair da área permitida. Caso o recluso ultrapasse esta área, o equipamento apita e a polícia militar ou civil faz a apreensão, perdendo assim o direito. Em toda a Bahia são 300 tornozeleiras. A previsão é que 1500 presos sejam beneficiados em breve.

O post Novo núcleo de monitoramento de presos em Feira é inaugurado pelo TJ apareceu primeiro em Bahia Política.