Luiz Argôlo sai da cadeia e pode concorrer as eleições

Foto : Gustavo Lima/Câmara dos Deputados

O ex-deputado baiano Luiz Argôlo, condenado em abril de 2015 a 12 anos e oito meses de prisão e pagamento de multa no valor de R$ 1,9 milhão na Operação Lava Jato, recebeu no dia de ontem (3) indulto da pena, com base no Decreto Presidencial de Temer publicado em dezembro de 2018. A juíza que concedeu o indulto foi Maria Angélica Carneiro, da Vara de Execuções Penais de Salvador.

Com isso o candeando por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, fato que se deu em 16 de novembro de 2015, pode voltar a concorrer cargos públicos.

Conforme a decisão, nos quatro anos em que Argôlo esteve preso, o mesmo não cometeu falta grave e está pagando as parcelas relativas à multa como acordado justo a justiça. A 13ª Vara Federal, em Curitiba, e o TRE devem ser notificados.

 

O post Luiz Argôlo sai da cadeia e pode concorrer as eleições apareceu primeiro em Bahia Política.