Mulheres são presas acusadas de aplicar golpe em aluguel de imóveis em bairros nobres

Foto: Bnews

Foram presas nesta terça-feira (24), Suiane dos Santos Rodrigues, 25 anos, e Rosimeire Cruz Casaes, 49, acusadas de aplicar golpes em uma plataforma de vendas. Segundo a Polícia Civil, elas faziam falsa negociação de aluguel de imóveis, no site de vendas OLX. O valor furtado das vítimas chega 6 mil reais.

Elas foram apresentadas na sede da Polícia Civil. A delegada titular da 14ª Delegacia Territorial (DT) da Barra, Carmem Dolores Bittencourt, informou que as acusadas estavam sendo investigadas há dois meses. Quatro ocorrências contra as duas foram registradas na delegacia da Barra.

A investigação descobriu que elas postavam anúncio de aluguel de imóveis na Barra, Graça e Vitória preços abaixo do mercado. Considerado bairros nobres da capital baiana, os clientes davam um valor de R$ 1750 como garantia. A vítima do golpe pagava antes de mudar para o imóvel e depois as “corretoras” desapareciam com o dinheiro e sem alugar o apartamento.

Uma terceira pessoa faz parte do bando e está forgida. A delegada Carmem Dolores deu detalhes sobre atuação das golpistas.

“Estamos investigando a participação de outra mulher envolvida nesse crime. Era quem postava as fotos, conversava e marcava com os interessados no aluguel por aplicativo de conversa. Essa terceira pessoa envolvida normalmente não ia aos encontros, as duas presas é que se revezam quando a vítima queria conversar pessoalmente”, revelou.

O post Mulheres são presas acusadas de aplicar golpe em aluguel de imóveis em bairros nobres apareceu primeiro em Bahia Política.