Bolsonaro diz que “não tem nada a ver” com as suspeitas contra filho

Foto: José Dias / PR

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) minimizou hoje (19) a operação realizada ontem pelo Ministério Público do Rio de Janeiro. A ação expediu mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao senador Flávio Bolsonaro (sem partido-RJ). Questionado pela imprensa, o presidente disse que não tem nada a ver com as suspeitas contra o filho senador.

A suspeita da Promotoria é que um policial militar, uma loja de chocolate e imóveis de Flávio Bolsonaro podem ter sido usados como meios para lavagem de dinheiro da suposta “rachadinha” no gabinete dele na Assembleia Legislativa de 2007 a 2018. A prática da “rachadinha” consiste em coagir servidores a devolver parte do salário para os deputados.

Segundo informações da Folha de S.Paulo, na manhã de hoje, quando o presidente parou na entrada do Palácio do Alvorada para cumprimentar simpatizantes, o presidente inicialmente se negou a comentar a investigação. Depois, disse que o Brasil “é muito maior do que pequenos problemas”.

“O Brasil é muito maior do que pequenos problemas. Eu falo por mim. Problemas meus podem perguntar que eu respondo. Dos outros, não tenho nada a ver com isso”, disse, ao recomendar que a imprensa procure o advogado do filho, informa o Bnews.

O post Bolsonaro diz que “não tem nada a ver” com as suspeitas contra filho apareceu primeiro em Bahia Política.