Conceição do Jacuípe – Líder da facção BDM é enterrado no Cemitério Paroquial

Foto: Reprodução

O corpo do líder da facção Bonde do Maluco em Pirajá, bairro de Salvador, João Teixeira Leal, conhecido como JJ ou Jão de Pirajá, foi enterrado ontem (18) às 15h, no Cemitério Paroquial, em Conceição do Jacuípe.

João morreu na manhã de terça (17), durante uma mega operação das Polícias Civil, Militar e Rodoviária. O traficante foi encontrado dentro de um Flat onde se escondia, no Jardim de Alah, na Orla, em Salvador. De acordo com a polícia, ao resistir a prisão, Jão de Pirajá, foi baleado no tórax e pescoço, conforme o Berimbau Notícias.

Foto: Divulgação/Polícia Militar

O traficante ainda chegou a ser socorrido pelos policiais do Centro de Operações Especiais da Policia Civil (COE) para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas morreu horas após dar entrada na unidade hospitalar.
João era conhecido como líder do Bonde do Maluco em Pirajá, e havia sido preso em setembro de 2014, num sítio na cidade de Amélia Rodrigues, com R$ 20 mil em espécie e um tablete de maconha. À época, o traficante respondia a 13 processos por tráfico de drogas e homicídios e tinha um mandado de prisão em aberto.

Jão de Pirajá estava no crime há mais de 20 anos e o seu patrimônio vai além de casas, fazendas, apartamentos e carros em Salvador. “Pelo tempo, não há dúvida que ele tem muito mais do que isso, mas estávamos cruzando as informações. Essa operação foi iniciada há um ano e meio e ainda estamos levantando muitas informações. Muita coisa precisa ser feita. Sabemos que os imóveis não estão no nome dele e para isso precisamos de todo o levantamento dos cartórios”, disse o delegado.

O seu filho foi preso no mesmo dia da operação em uma residência no bairro do Guedes, em Conceição do Jacuípe. Foram apreendidos 60 kg de erva esverdeada semelhante a maconha, e substâncias análogas a cocaína e crack, arma, R$ 18 mil em espécie, veículos, entre outros materiais.

O post Conceição do Jacuípe – Líder da facção BDM é enterrado no Cemitério Paroquial apareceu primeiro em Bahia Política.