Deputado baiano paga 50 toneladas de jornal com dinheiro público

Foto : Arquivo/ Agência Câmara

O deputado Raimundo Costa (PL-BA) empenhou R$ 105,9 mil da sua verba indenizatória para confeccionar 250 mil jornais, de acordo com o site Congresso em Foco.

De acordo com a assessoria do parlamentar, a publicação tem 16 páginas. A quantidade de impressos equivale à tiragem de três dias do jornal Folha de São Paulo, um dos maiores do país.

Nota fiscal divulgada pelo site aponta que a compra foi feita no mês de novembro, em uma gráfica localizada no bairro de Lobato, em Salvador. De acordo com o Congresso em Foco, a nota no valor de R$ 110 mil recebeu glosa, ou seja, quando há incompatibilidade com as informações recebidas.

A verba indenizatória deve ser usada para despesas exclusivas de mandato.

O Instituto Operação Política Supervisionada (OPS), que indexa dados da cota parlamentar, tentou obter uma cópia digital do jornal, mas não recebeu até a publicação.

Conforme a assessoria parlamentar, a distribuição dos jornais foi feita por funcionários do gabinete que trabalham na Bahia. Eles teriam usado seus veículos para fazer todo o transporte até os pontos de distribuição: 97 colônias de pescadores espalhadas pelo estado.

Em toda a Bahia, de acordo com a Superintendência Federal da Pesca e da Aquicultura da Bahia, estão cadastrados 130 mil pescadores. Segundo estudo feito pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), em 2006, cerca de 73% dos pescadores artesanais não tinham ensino fundamental completo e 12% se declararam analfabetos.

Raimundo Costa foi presidente da Federação dos Pescadores do estado da Bahia e vereador de Valença, cidade distante 123 quilômetros de Salvador. O parlamentar foi eleito com quase 39 mil votos.

O post Deputado baiano paga 50 toneladas de jornal com dinheiro público apareceu primeiro em Bahia Política.